Weby shortcut
Youtubeplay

Disciplinas do Curso

Atualizado em 05/02/19 12:17.

 

OBRIGATÓRIAS

 

METODOLOGIAS DE PESQUISA EM ARTES DA CENA

Estudo das possibilidades metodológicas no campo das Artes da Cena, de suas similaridades, diferenças e conflitos de modelos em relação às metodologias de outras áreas do conhecimento. Relações entre arte e ciência no campo da pesquisa. Abordagens sobre a crise de paradigmas da ciência contemporânea e problematizações sobre a presença da arte na academia. A pesquisa em arte e a pesquisa sobre arte. Correlações entre teoria e prática no campo epistemológico e metodológico.

 

SEMINÁRIOS INTEGRADOS DE PESQUISA

Disciplina voltada para reflexão, discussão e aprofundamento das pesquisas em andamento no Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena da UFG, visando o estudo dos resultados até então obtidos, a revisão de metodologia, dos referenciais teóricos e/ou práticos. Exercício do pensamento crítico, com vistas ao aperfeiçoamento acadêmico dos trabalhos.

 

 

OPTATIVAS

 

ARTES DA CENA E DIÁSPORA AFRICANA

Estudo das manifestações cênicas e performáticas da diáspora africana no Brasil, no que tange aos festejos e rituais tradicionais e as influências destes nas práticas pedagógicas e artísticas da contemporaneidade. A disciplina visa propiciar aos estudantes a oportunidade de conhecer manifestações e performances da diáspora africana, discutindo o conceito de ancestralidade na relação com o corpo, problematizando a trajetória histórica da construção do racismo, das manifestações de etnocentrismo e de seus reflexos nas artes, na instituições de ensino e nas relações de ensino-aprendizagem. Refletir acerca de procedimentos metodológicos para uma educação para as relações étnico-raciais através das artes da cena, a partir de elementos da cultura afro-brasileira.

 

CORPO E JOGO: ESTUDOS E PRÁTICAS PEDAGÓGICAS EM ARTES DO CORPO

Esta disciplina abordará os estudos relativos às práticas pedagógicas do ensino de teatro, dança ou circo em suas diversas metodologias. Investigará a questão do jogo e do corpo como eixo pedagógico de ensino de práticas artísticas nas Artes da Cena. Estudo das especificidades e dos possíveis intercâmbios das práticas pedagógicas no ensino das artes da cena. Desenvolverá estudos teóricos acerca da arte na escola, da apreciação estética e formação artística para professores. Apresenta como tema transversais: cognição, arte e sociedade.

 

CORPOGRAFIA E SIMBOLOGIA DAS DANÇAS TRADICIONAIS DOS POVOS

De caráter teórico-prático, esta disciplina estuda a apropriação simbólica da cultura de diversos povos ao interagir com as configurações do espaço da cena e com a expressão gestual da corpografia dançada. Discute as concepções da dramaturgia do corpo e as articulações entre corpo/espaço/cena. Propõe o estudo corpográfico das danças tradicionais dos povos e sua simbologia, objetivando instrumentalizar pesquisas voltadas à leitura simbólica de gestos e movimentos realizados nas danças dos povos estudadas, além de questionar a estetização da dança tradicional, como espetacularização da cultura popular. Metodologicamente, a disciplina procede mediante observações e vivências interconectadas com as percepções corporais e sensório-motoras, buscando compreender a tecitura resultante da experimentação de múltiplos padrões arquetípicos, visando a composição de cenas curtas.

 

CULTURA(S) DO CAMPO ARTÍSTICO

Compreensão da perspectiva antropológica acerca do campo artístico, suas premissas e concepções que orientam para o entendimento dos processos de criação, recepção e significação da obra de arte e do fazer artístico pelo viés da análise cultural. Estudar as teorias que esboçam a constituição e funcionamento do campo artístico, que alicerçam sua constituição e permanência ao longo do tempo a partir de relações de poder, economias e apropriações.

 

DRAMATURGIAS DA CENA CONTEMPORÂNEA

Curso voltado ao estudo dos conceitos de dramaturgia vigentes na atualidade, incluindo as noções contemporâneas de dramaturgia da imagem, dramaturgia do corpo, dramaturgia do ator e dramaturgia da relação. Busca-se compreender as interações e diferenças entre a noção de dramaturgia como ponto de partida, dramaturgia em processo e como ponto de chegada, na concretização da encenação. A linguagem da performance e seus sistemas de composição. Problematizações sobre o conceito de Direção de Arte e o entendimento da plástica da cena como texto.

 

EDUCAÇÃO SOMÁTICA E DRAMATURGIA DO CORPO CÊNICO

Esta disciplina abordará o corpo do artista cênico sob o ponto de vista de suas habilidades cognitivas que dão suporte à construção da dramaturgia do corpo cênico. Abordará os estudos do campo da educação somática e suas influências na pesquisa e criação nas artes do corpo. Constituir-se-á de estudo de experiências práticas em artes do corpo e criação artística integrado aos estudos teóricos que articulam conhecimentos e compreensões contemporâneas do corpo, sua cognição e sua expressividade. Tangenciará, de maneira transversal, estudos sobre o campo da saúde, da educação e da arte.

 

EXPERIÊNCIAS EDUCACIONAIS E POÉTICAS POPULARES

Estudos acerca das inter-relações entre corpo, arte e manifestações das culturas populares enquanto prática social. Estudos sobre a relação entre educação, na perspectiva pós-colonial, as narrativas e experiências artísticas que apontam para as poéticas populares como potencial para pensar outros caminhos de aprendizagem e investigação cênica. Refletir sobre a perspectiva de práticas educativas em artes que contemplem a diversidade, o diálogo com a alteridade, nas formas, sentido e saberes do corpo.

 

MITO E IMAGINÁRIO NAS ARTES DA CENA

Esta disciplina volta-se para o estudo das interações entre mito e imaginário no campo criativo das ates da cena. A origem das aproximações entre mito, rito e cena remonta às próprias origens do teatro e da dança na cultura, embora esta aproximação tenha voltado a gerar interesses de pesquisa, desde as transformações ocasionadas na modernidade, com o retorno das aproximações entre cena e ritual. Objetiva-se aqui compreender o nexo dessas relações, analisando o modus operandi da imaginação simbólica nos processos criativos, desde o tratamento das temáticas (mythos) de abordagem, até os processos metodológicos de produção do espetáculo.

 

O TRÁGICO DA AÇÃO: ESTÉTICA, ÉTICA E POLÍTICA

Examinaremos no presente curso a possibilidade de se pensar a ação humana, no âmbito da ética e da política, a partir de uma perspectiva trágica. Para tanto, analisaremos, além do próprio conceito de trágico, a relação entre ação e contingência, também no que tange à relação agente/ato, assim como as principais infortunas daí decorrentes: acrasia, imprevisibilidade, irreversibilidade e ilimitabilidade. O núcleo dessa concepção do trágico na ação é o pressuposto de que a ação humana incontornavelmente envolve nossa capacidade de desencadear eventos cujas consequências escapam amplamente a nossos propósitos e motivos – os quais também em grande medida nos escapam. Assim, a ação está sempre exposta ao risco e à infortuna, de modo que a capacidade de iniciar algo novo é sempre tributária de uma relação reconciliada com o passado.

 

PERFORMANCES ARTE/EDUCATIVAS

Performances Arte/Educativas, tendo como eixo epistemológico a Abordagem Triangular como promoção da experiência consumatória em John Dewey, em suas imbricações com o constructo das Artes da Cena de forma metalinguística e crítica na contemporaneidade.

 

PROCESSOS CONTEMPORÂNEOS DE MONTAGEM CÊNICA

Teorias, práticas e poÉticas em processos contemporâneos de montagem cênica. Artes da Cena em processo: trans.formações e per.formações das técnicas, dos procedimentos e das estÉticas na cena contemporânea. Processos criativos em Artes Cênicas: do ensaio à cena (produção, textualidades, adaptações e atualizações textuais, dramaturgias, coreografias, processos colaborativos, criações coletivas, poieses corpóreas, performances). Plasticidades cênicas (espacialidades, temporalidades, ações - acústicas, visuais, corp.Orais): perspectivas contemporâneas da cena e do corpo, do corpo em cena e da cena no corpo.

 

TEATRO, IMAGEM E MEMÓRIA

A disciplina propõe o estudo de manifestações teatrais a partir das relações com a memória e a imagem. O corpo do intérprete na criação de imagens cênicas e a memória visual do ator. Fotografia, performance e relações interartísticas na cena contemporânea. O texto a partir da imagem no teatro pós-dramático. Memória afetiva, memória involuntária e as relações entre memória e imaginação no fenômeno teatral.

 

TÓPICOS ESPECIAIS EM ARTES DA CENA

Disciplina de tema variado voltada para a atualização de discussões e estudos emergentes no campo das artes da cena, incluindo possibilidades transversais com outras áreas do conhecimento. Sua metodologia e bibliografia será estabelecida a cada oferta, conforme as proposições do professor responsável e de acordo com as pesquisas que venha realizando, podendo assumir caráter teórico, prático ou teórico-prático.

 

VISUALIDADES DA CENA: CORPO, FOTOGRAFIA E ESPAÇO CÊNICO

Estudo das relações do corpo e do espaço cênico por meio das suas representações fotográficas; o ensaio enquanto gênero artístico e documental a partir da década de 1950. Abordagem visual e teórica, baseada em corpus fotográfico, cinematográfico e sonoro. Estudo comparativo de projetos, pesquisas e obras com apoio de textos críticos e fontes literárias. Análise aprofundada dos processos criativos, em relação a poiética do palco, das diversas pesquisas cenográficas e práticas artísticas contemporâneas.